Quando é que um negócio é rentável?
jalberto@webesof.com 926 014 052
Quando é que um negócio é rentável?
14 Abril, 2015
0

Saber como estão as contas de uma empresa envolve muito mais do que calcular a diferença entre lucros e despesas. Por isso, é normal que os empreendedores e Startups tenham alguma
dificuldade em determinar a rentabilidade do seu negócio.

No momento de perceber qual a situação financeira da vossa empresa, convém que saibam distinguir alguns conceitos:

Break-even: também conhecido como “ponto de equilíbrio”, marca o momento em que a empresa deixa de perder dinheiro e começa a ser rentável. Ou seja, o momento em que o lucro iguala as despesas. Fala-se de break-even quando os negócios estão a começar, para assinalar esse período durante o qual os gastos se começam a ajustar e as vendas começam a crescer. A partir daí, supostamente, haverá lucro.

Qualquer empresa tem, nos primeiros momentos de existência, um investimento inicial. Quando o negócio já está lançado, deixam de existir gastos extraordinários e torna-se mais fácil atingir este ponto de equilíbrio. Alguns investidores mais conservadores não falam de break-even até que o investimento inicial tenha sido totalmente reposto pelos lucros.

Lucro: dá-se quando os rendimentos são maiores que as despesas. O lucro pode ser reinvestido ou dividido entre os sócios de uma empresa, por exemplo.

Rentabilidade: é a capacidade de gerar rendimento numa actividade. Diz-se que um negócio é rentável quando começa a gerar lucro, mas só se atinge verdadeiramente esta fase quando o investimento inicial é recuperado. E é importante medir em quanto tempo se atinge este ponto, que não depende apenas do montante investido mas, sobretudo, do sector do vosso negócio.

Investimento: trata-se da quantia que se utilizou para pôr um negócio em marcha. Este montante começa a ser recuperado quando existem lucros efectivos na actividade.

 

Se ainda não conseguem perceber se o vosso negócio é rentável ou querem saber quando atingirão o break-even, calculem a diferença entre rendimentos e despesas normais e extraordinárias.

Sabiam que o Sage One pode ajudar-vos a ter estas contas em dia? Mais do que um software de facturação online, pode vir a ser uma ferramenta de gestão de tesouraria essencial para o vosso negócio. Experimentem criar relatórios ou consultar a conta corrente dos vossos clientes e fornecedores para estarem a par da saúde financeira da vossa empresa em tempo real.